Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Novidade 2
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Ufam anuncia retomada da construção do Bloco 2 do Icomp

Bloco 2 do Icomp - Instalações elétricas, hidráulicas, forros e demais serviços de acabamento estão entre as atividades a serem realizadas pela nova empresa contratada

A Universidade Federal do Amazonas retoma, em breve, as obras do Bloco 2 do Instituto de Computação (Icomp). Com a obra licitada, homologada e com a nota de crédito emitida pelo Governo Federal no valor de R$1.789.794,92, aguarda-se apenas a assinatura do contrato com a empresa HB Construções.

Serviços contemplados

A obra está paralisada desde abril de 2015, após a empresa anterior não concluir o Bloco no tempo estabelecido em contrato. O coordenador de Projetos da Prefeitura do Campus Universitário, engenheiro civil Edival da Costa, descreve os serviços  a serem realizados pela nova empresa contratada. "Os serviços de estrutura e alvenaria já tinham sido executados pela construtora anterior,  mas ainda falta concluir pisos, revestimentos, instalações elétricas, hidráulicas, forros, instalações de lógica, de combate a incêndio, cobertura, esquadrias e demais serviços de acabamento", explicou.

Prioridade institucional

O diretor do Departamento de Engenharia e Prefeito do Campus Universitário em exercício, engenheiro Milton Oliveira, destaca que a conclusão das obras é prioridade institucional da atual gestão da Ufam. “Estamos seguindo a orientação do reitor, professor Sylvio Puga, da pró-reitora de Planejamento, professora Kleomara Cerquinho e da prefeita do Campus, arquiteta Carmem Guimarães, de priorizar as obras paralisadas, cujas construtoras tiveram problemas técnicos e não conseguiram entregar a obra. Foi assim com o Bloco 3 do Instituto de Educação, Agricultura e Ambiente de Humaitá (IEAA); com o Restaurante Universitário do Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia de Parintins; com este Bloco 2 do Icomp, que são obras nas quais estamos trabalhando para retomar, concluir e entregar para a comunidade universitária”, declarou o prefeito em exercício.

Icomp comemora

A diretora do Icomp, professora Tanara Lauschner, comemora a retomada das obras.“A retomada desta obra é um motivo de grande felicidade para o Instituto de Computação (Icomp) pois, com a conclusão do prédio,  iremos liberar as salas de aula que ocupamos no Instituto de Ciências Exatas (ICE), principalmente, e também as salas ocupadas na Faculdade de Tecnologia (FT). Além disso, vamos liberar o restante do segundo andar do prédio do Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC), ou seja, é uma obra que vai beneficiar não apenas o Icomp, mas também o ICE, a FT e o CTIC”, destacou.

Especializações em breve

“A conclusão da obra também vai viabilizar o início dos nossos cursos de Especialização. Atualmente, temos dois cursos de graduação, um curso de mestrado, um de doutorado e, com as salas de aula do novo prédio, passaremos a oferecer cursos de Especialização. Nós nos sentimos muito agradecidos a toda a administração superior pelo empenho em viabilizar esta obra tão importante para o Icomp e para a Ufam”, completou  a diretora.

CTIC

O diretor do Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação da Ufam (CTIC), analista de Tecnologia da Informação Jorge Carlos Magno, afirma que, após a liberação das salas do CTIC pelo Icomp, o espaço será utilizado para expandir aspectos da Governança de Tecnologia da Informação (TI) na Universidade, além de proporcionar melhorias nos atendimentos de serviços relacionado à Comunicação. “Serão sete salas a serem desocupadas pelo Icomp. Com a disponibilização delas, iremos adequar individualmente as Coordenações de Projetos e Processos e a Coordenação de Segurança da Informação, que hoje compartilham o mesmo espaço. Além disso, a Coordenação de Comunicação, que é responsável pela comunicação Voip e pela gestão das linhas móveis corporativas da instituição, passaria a ter um atendimento no Setor Norte, juntamente com a equipe. Dessa forma, esperamos melhorar nosso Gerenciamento de Serviços e o nosso modelo de Governança de TI, de forma a prover as informações e os serviços de que a Universidade precisa para atingir seus objetivos administrativos e acadêmicos. Aproveito para agradecer à gestão superior, Proplan, Icomp e Prefeitura do Campus Universitário pelo apoio na viabilização desse processo”, declarou o diretor.

UFAM

Por Márcia Grana

Equipe Ascom Ufam

registrado em:
Fim do conteúdo da página